Elson Borges dos Santos

 

Tutor: Adilson Sanches da Silva.

 

Unidade 2 – Cultura das redes- cibercultura.

 

Atividade: 2.1

 

c

 

Conjecturando

 

Para Lévy (1999, p 17), a cibercultura é a cultura da conectividade é estar associada a um "conjunto de técnicas (materiais e intelectuais), de práticas, de atitudes, de modos de pensamentos e de valores que se desenvolvem juntamente com o ciberespaço". Assim, nota-se que a conectividade em si, na cibercultura, é a condição básica de sua existência, pois o movimento desta cultura da conexão está fundamentada na comunicação comum a todos.

 

Mão á obra

 

Visite a página http://www.wikiaves.com.br/urubu-de-cabeca-preta e outras que te parecer interessante; Depois construa um hipertexto sobre a importância dos urubus (Coragyps atratus); escreva também sobre a problemática de sua urbanização. Essa atividade deve ser realizada conjuntamente com os demais colegas, partido do princípio que nenhum de nós somos donos da verdade; mas a possuímos em parte, então, faça questionamentos, levante hipóteses e aponte soluções.

 

Bom trabalho a todos.

 

 

 

 

 

 

 

Equilibrio! Mais que necessário!

  • Poema a Oxum

    És beleza nata, és essência do amor
    O sol reflete o brilho que emana de ti
    És a mãe dos que amam, és Oxum
    És minha sinhá, minha babá.

    Seu axé nos encanta e transforma
    Suas águas cristalinas nos purifica
    Olha por nós ó Rainha
    Deixe Sua luz nos edificar.

    Em ti transcendo, experimento o êxtase
    Mergulho no irreal
    Vivo um sonho, uma alegria
    Vivo...

    Palavras! O que são elas diante de ti?
    Tu és parte do divino
    És inatingível; partícula de Deus
    Tu és toda a beleza todo o encanto.

    És grande e se apresenta na simplicidade das águas
    Encanta-nos com suas roupas, danças e canto...
    Toca e deixa ser tocada pelo ser
    Revela-se porque nos ama.

    Ora Minha Yêyêw-Osum!
    Nunca deixe de olhar por nós
    Visita-nos ó mãe
    Dê-nos a graça do seu abraço de amor.

    Tua presença engrandece o nosso ser
    Transforma as tristezas e sofrimentos em perfeita alegria
    Torna-nos capazes de amar
    Amar...

    Tua epifania se dá nas senzalas
    Nos barracos de terra batida
    Em palácios ou favelas
    Em grandes centros urbanos ou cidadelas.

    Ora Minha Yêyêw-Osum!!
    Porque não faz distinção entre pobre ou rico
    Entre preto ou branco
    Não queres luxo nem ostentações
    Queres o nosso amor de filho e que nos amemos como irmãos.


    Walysson Shayne 18/09/2006

  • VI Encontro do NTE-Regional - Notícia da SEd

    Vejam a notícia completa sobre o VI Encontro do NTE-regional no site da SED.
    http://www.sed.ms.gov.br/index.php?templat=vis&site=98&id_comp=213&id_reg=292312&voltar=home&site_reg=98&id_comp_orig=213

A procura da anta!

A vida é tão simples para ser vivida! E tão preciosa para ser dispediçada!!